Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

6 de mai de 2008

Orquídea Obstinada




Tão natural, vibrante, tenaz
quanto orquídea obstinada
que, insistente e vivaz,
floresce nos ares, nas pedras
após vendavais ou queimadas
ressurge, viceja, voeja
alma livre, azul, alizarin
onde ecoa, musicado, um "sim"!

Imagens: "Violoncelista Alizarin".
Pintura (em processo) de Ana Luisa Kaminski.
Poema dedicado à doce Ester da alma estrelada.
....................