Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

26 de jan de 2010

C0NCHAS, SONHOS, CARACÓIS E ANZÓIS AZUIS





Por vezes, pensamos
ser doces, desejáveis,
delicadas e estáveis
ou cremos ser o sonho
secreto de alguém...
Tentamos acertar o alvo
o centro do caracol
o buraco-negro do sonho
o lumiar do farol...
Sentimos alegria e leveza
e vemos asas fulgurantes
estrelas na alma amada
cuja configuração cintilante
é cosmo complexo e vicejante
que nos encanta e atrai...
Contudo, noutro instante,
rodopiamos, vacilamos
em volta do vórtice abissal...
Giramos e vamos ao fundo
do mar ou do mundo
se nos desdenha ou repele
este amor, num segundo...
Ou nos fechamos em concha
ao falhar e nos ferir
na tentativa vã e insistente
de compreender tal alma amada
tão benquista e desejada
em nosso íntimo universo...
Porém, de salto em salto, de vôo em vôo,
de queda em queda, ou tropeço em tropeço,
de tempos em tempos ou no vaivém dos ventos,
da tempestade à bonança, no balanço ou recomeço
às vezes nos surpreendemos com uma brisa imprevista
ao sermos chamadas, mais uma vez acolhidas
pela alma azul-lilás tão querida e mutante,
ornada por caracóis, protegida por espinhos,
coberta por líquens e anzóis,
enfeitada por sóis marinhos...
E então nos vemos no vértice,
no centro dos redemoinhos,
na dança das espirais
nos recônditos submersos
suspiros, sonhos e versos
entre conchas e coxas
a caminho de Vênus
nos paraísos siderais!...
Da imensidão celestial
os astros nos contemplam
sorridentes, complacentes
divertindo-se às custas
da poeira cósmica pulsante,
que vibra, chora, canta e ri,
destas partículas que somos
plenas de apetite e desejo,
de idiossincrasias e medos
de mistérios insondáveis
de fantasias e segredos
quase invisíveis mas duráveis...


TEXTO E IMAGENS DE ANA LUISA KAMINSKI


Dedico este poema à Amada Lunna Di Lukka

44 comentários:

Tania disse...

Olá Analuka,

Simplesmente adorei o que você escreveu, todo esse jogo de palavras, bailando... dizendo da dor e da delícia de amar e de ser... (e tudo é sempre, por vezes...) .

E a suas pinturas fascinam.

Um abraço!

M.PAUMARCH disse...

Olá Analuka, gràcies per la teva visita. Ara estic, uns dies, en una altra feina. Aviat tornaré a pintar (primer, però, arranjaré: terramare).

També: um abraço.

carmen garrez disse...

Querida Ana Luisa...chegar em teu blog é alçar vôo para paragens de amor,luz e paz...é penetrar em um mundo de sonhos. Eu amo o mar,e ser lindamente recebida por ele, em tuas mágicas telas,fez-me um grande bem. Tudo é bom aqui: a música,as poesias,as telas,a vibração, enfim...adorei teu espaço sagrado...!!! Parabéns !!! Beijos de algas e corais.

Cassius Martins disse...

Em primeiro lugar quero dizer que sou teu fã,transmites uma delicadeza e um refinamento que impressionam.
Amo o azul e no blog ele predomina,além do texto incrível.
A música que ouvi me levou para o alto,as asas que tanto quero ter!
Podemos ir além do que imaginamos,mesmo com âncoras atreladas no fundo do mar azul.

Juan Bautista Morán disse...

Querida Analuka:

Siempre fascinado por estos tus mundos interiores que te habitan, ese azul y esa senación que tiene de mar y de cielo, de libertad.

Un abrazo muy fuerte

dade amorim disse...

Já sentia falta de um mergulho nos teus azuis, palavras e imagens.

Que as asas e a beleza fiquem sempre contigo.

Lara disse...

Amei sobremaneira o teu poema de-lírico., int-senso, ternlúrico.

Tu és artista multitalentosa.

Eu te saúdo, admiro e adoro.

Assis de Mello disse...

Maravilhosa essa postagem, AnaLuka. Os quadros e o poema. Grandes viagens no interior desse sótão de inspirações azuis.
Um beijoooooooo do Chico

célia musilli disse...

Ana, está tudo tão delicado aqui, a música, o poema, suas telas...Vc passa uma leveza, uma suavidade e é tão marítima com seus azuis. Acho mesmo que vc é uma sereia que vive entre nós.Um beijo!!

Leila Andrade disse...

Querida,
uma viagem profunda nesse seu mar revela-nos muito da delícia de viver. Um sonho azul.
Bom ter você de volta.
Bjo

Bárbara Lia disse...

empresta este azul!
bjs

Fada do Mar Suave disse...

Ana Luisa.
Seu blog está divino. Sua pintura é linda, refinada e mística onde o mundo espiritual interior se manifesta. A beleza destas mulheres impressiona pela leveza, pela expressão que você exprime através de sua sensibilidade artística. Estou lendo as poesias e extasiada com o brilhantismo de suas palavras. Faço aqui um passeio pelo mundo dos sonhos e deslumbramentos que somente uma artista com seu sentir fantástico poderia propor.
Abraços com admiração pelo seu enorme talento e dom.
Fada do Mar Suave.

...Papisa... disse...

Fascinante este seu poema, Senhora das Fadas!
Beijos lupinos meus...

Trajesdedías disse...

Me quedé sin polén ni palabras....
qué bello,
saludos,
su amigo isaac g.

Neila Bianchin disse...

..."da tempestade à bonança, no balanço ou recomeço
às vezes nos surpreendemos com uma brisa imprevista"... Ana, para nós amigas, você é sempre essa brisa boa acredite. Lindo. Neila

Manoel Soares Magalhães disse...

Texto que lembra o fiar de uma roca. Lindo!

Serena-Cris disse...

.

é tudo tão lindo ... de uma leveza incrível ... azul, azul ...

beijokas*

e volto sempre!

.

faocarreira disse...

seus trabalhos sao todos muito bonitos....

Luciana Marinho disse...

tão oceânica...

a primeira pintura me tem.

beijos, analuz!
=)

Fluxos poéticos disse...

Bachelard nos diz que "o destino de toda palavra é a imagem", pois bem, imagens que nos toma e nos faz ser o que elas são: virtuosas, femininas virtuosidades. Amei todo o conjunto poético.

Beijos.

EKARNAUCHOVAS disse...

Lindíssima a sua obra, extremamente sensual e misteriosa!
Ah! O pescoço até parece com o meu! rs
Lembro-me de Klimt, de art-nouveau, espirais sinuosos....
Se eu pudesse posaria para ti, para captares a minha alma, como fazes nas suas obras.

VeraBasile disse...

Ana!!Linda postagem!!Amei o poema...diz tanto dos sentimentos da gnt...e suas telas tão belas!
É muito bom estar por aqui e voltar sempre pra admirar!
Beijão!!

Ana Luisa disse...

Querida Ana Luisa! Sou uma fã portuguesa que adora suas pinturas, sua leveza, o seu brilho, a sua Luz! Um Ser Diferente que partilha o lado mais sensível da nossa Alma!
Um Abraço com muita ternura e muita Luz!
Ana Luisa Martins

Márcia Sanchez Luz disse...

Que maravilha de blog, Analuka! Tudo é muito especial por aqui - seus poemas, sua pintura, a música, o azul - estou encantada.

Obrigada pelo carinho de suas palavras e pela gentil visita.

Também já vou lincar este espaço em meus favoritos.

Um beijo carinhoso

Márcia

bugigangart disse...

Lindo demais!

ótimo trabalho com as cores frias,
essa junção humana e seres aquáticos.
Maravilhosa inspiração.
Parabéns

Patokata disse...

Hermoso tu sitio, un placer haberte encontrado a través de puls@ndo Versos.
Hermosos poemas y hermosas pinturas, llegué con curiosidad y me voy encantada!!

Un gusto encontrarte

Un abrazo desde Montevideo-Uruguay

Ana Guimarães disse...

Como bem disse a Carmen, chegar em seu blog é ficar logo "tuuuuudo azuul"! Sentimos uma boa vibração.
Belas palavras.
Beijos

Sônia Márcia disse...

Ana, teus quadros são lindos, esses com temas marinhos e conchas azuis são maravilhosos, e o poema também é bem viajante mas fala como são as ondas de emoções e sentimentos na vida...parabéns!

Carina Felice disse...

hola Analuka!
vine a visitarte muy contenta por tu presencia en "A Traves de mi Lente", lo cual te agradezco mucho!
Respecto a tu inquietud sobre la que me escribiste, te cuento que las fotografias y escritos son todos mios, soy la unica autora del blog.
Espero verte pronto es un plcer descubrir tu obra, estaremos en contacto.
Un beso grande y Namaste/\

Sérgio Luyz Rocha disse...

Oi Ana...

...de fato, mesmo quando lanças dúvidas e inquitações, mesmo assim, o que reina por aqui é a mais completa serenidade.
E não seria de outra forma, pois tens a inquietação de um titã - Tétis - e a doçura de Iemanjá.

..em tempo: dos mais belos textos que já li. Quanto à tua pintura...só mesmo escrevendo um tratado para descrever o quanto aprecio e o tanto que me inspira.

Beijabraços!

Ana Paula Perissé disse...

passeio
por entre brisa e maresia
encanto de sonhos
transfigurações poéticas do real
vivido vívido em tua
arte
que pulsa

Ana, se te escrevo mais é por
entusiasmo
redundãncias dançantes
com o intuito de te celebrar

Agradeço-te
por exercer em fôrma e paisagem existencial
tua essência

carinho
Ana Paula Perissé

Bruma Artio disse...

Amei sua página, oníricamente divina.
Já sou sua seguidora.
Um suave bater de asas.

M.PAUMARCH disse...

Obrigado, Analuka, per les teves visites i els teus elogis (immerecuts...).
Aquest noi em recorda David..., pot ser?
Salut i creativitat per a tu.
Um abraço.

Nydia Bonetti disse...

Que beleza teu trabalho, Ana! Tudo muito bonito por aqui. Voltarei, com certeza. Vou correndo conhecer os outros blogs! :) abraço!

santiago tena disse...

cuánta vida, cuánta fuerza, cuánta sensualidad

Catalepsia disse...

Minha Querida Amiga, Ana...
Como me sinto lisonjeada pelo convite!
Observando as lindas cores e formas presenciei uma criatura maternal..sim, pois seios fartos me levam à idéia de algo maternal, cauteloso, amoroso... assim como uma mãe.
Assim como quando sentimos o calor das nossas mães quando elas nos amamentaram, e assim como amamentamos ou amamentaremos nossos filhos.Talvez tenha mostrado seu estado de espírito, ou o estado de espírito da atual situação de nosso planeta nesse momento..todos nós, mundialmente falando, precisamos de sentimentos fraternais, doces e gentis... maternais.
Fico por aqui, muito feliz por ter tido o prazer de compartilhar com tantos colegas, que por aqui constatei os comentários, a beleza da arte.

Muito obrigada!
Abraços!!!

Maria Inês disse...

Olá

Gostaria de partilhar com vc tanta poesia e tanta arte.

Gostaria de ilustrar um poema meu com seu obra!
Passe por lá e deixe um recado.

Bjus

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Um mundo azul, como dança circular é alma de ânkoras e Asas, temo poder de voar, transpassar dimensões nas linhas da escrita toda...
Poesia com cheiro de mar, com o som suave de ondas, do vento breve deslizando faces, aspirais do caminho de sutis fadas azuis...
Saudações Poéticas
Abraços

CANTO DE BOCAIÚVA disse...

Isso não é um blog, é pura magia,êxtase e muito mais. E você não é uma blogueira,é uma feiticeira!

Dóris disse...

Olhei tudo, achei muito lindo, amei as pinturas, são lindas!
Cada vez que olho teus trabalhos, penso que voce é realmente uma artista, muito especial, consegues transmitir o que vai em teu coração.
E, ao ler as poesias, fiquei encantada com a profundidade de teus sentimentos e com a poesia que existe em tua alma.
Teus sentimentos são puros como os de um anjo: acho que voce é realmente um anjo que pousou nessa terra, consegues ver a beleza e a doçura deste mundo. Amo você, querida!

CANTO DE BOCAIÚVA disse...

Saudade desse lugar bonito, com imagens, figuras, pessoas, coisas, versos, olhos, sorrisos, lábios, lindos, bonitos, mágicos, enganadores, saudades de você, das âncoras e das asas, caracóis de sonhos e anzóis de pescar estrelas no imenso céu de nossas fantasias. Sabia? Voltei a este lugar para me reencontrar na magia dos seus olhos, palavras que bailam no meu inconsciente. Perdão, Sr. Freud, você não entende dessas coisas.

Gato Vadio disse...

Paz e poesia envoltos numa abissal magia, tingida em azul até à alma. Prazer imenso te visitar novamente, Analuka querida! beijo do amigo Jorge.

Sérgio Intkar disse...

Oi,Ana Luisa!
Examinei, pensei e ouvi tuas imagens e pensamentos e me identifiquei.
Por isso sempre pensei e senti que ir " Além do Jardim " é sublime em nossas realizações, é limpar nossas vidas terrenas para a elevação total de nossas missões à que nos propusemos.
E Felizmente VC está neste caminho, deixando mensagem de amor sublime na união com o eterno.

Beijos na alma desse coração alado e teu amigo, Sérgio

Lou disse...

Belo texto, suas palavras são sempre calmas e doces.. belíssimo blog!