Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

24 de jul de 2006

Além do jardim...


Entro e saio de ti
sem sentir resistências
nem percebo as portas
ou se existem paredes
nesta residência
onde vive tua alma
livre e enluarada
beijo teu coração
entre alado e aflito
atravesso janelas e subo
escadas transparentes
descubro sótãos, saídas
visito teus porões e jardins
sinto saudades do eterno
presente em ti e em mim...

Nenhum comentário: