Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

27 de nov de 2007

Dádiva


Hoje, deixo aqui, para o deleite dos amantes das letras aladas, um belo poema do caríssimo amigo Carlos H. Leiros. Quem apreciar, pode encontrar outras delícias no site Almofariz (está entre a lista de links, ao lado).








Dádiva


como cartas sussurradas,
os anjos adormeceram.
dei-lhes – entre alguns afagos –
a vigilância do mundo,
a sensação dos dedos finos nos cabelos.
.
em troca jogaram guizos,
de suas campânulas de sonho,
que me caíram na fronte,
em lindas pétalas de brancura,
como quando choram os jasmineiros

.
.
Poema de Carlos Henrique Leiros
site Amofariz (ver links ao lado)

Imagem: "Ninfa Azul". Pintura de Ana Luisa Kaminski

29 comentários:

Lady Vania de Tróia disse...

Ana Luisa,

Rogo as potencias celestiais que tuas palavras doces sejam mescla, a vossa beleza durável, e infinito vosso dom de pintar e escrever, tão lindamente!!!

Dádivas de beijos alados e azuis.
Celebro-te!!!

Concha Rousia disse...

Ana-Linda...
Bonita dança de tua arte com a poesia do amigo Carlos...
Adoro como tu és capaz de cada vez reinventar os azuis mais mágicos...
voar por teu espaço e visitar o céu
realmente.

Beijos suaves e azuis para ti
e para tua arte alada :)

cassio amaral disse...

Pintura muito bacana!
Olha, o poema do Carlos parece mais letra de música.

Beijo stellar.

Jacinto dos Santos disse...

Tive a nítida sensação de que um anjo afagou-me os meus cabelos.

Imagem e texto, tudo muito belo.

Beijos.

héber sales disse...

muito legal isso de vc nos apresentar poetas.
beijos!

Bárbara Lia disse...

Ana! me empresta esta imagem? muito lindo tudo,
bjs

F. Reoli disse...

É bom deixar-me banhar por essa aura azul e pastel de sensibilidade inquieta... beijos

FINA FLOR disse...

ai que bonito!

seu azul acalma.

obrigada pelo presente lá no orkut.

beijos e boa semana,

MM.

adelaide amorim disse...

Poema delicado, que condiz com o clima do Ânkoras & Asas. E que bela imagem! Obrigada por essa beleza diáfana que você sabe criar tão bem. Um beijo como pétala de jasmim...

verabasile disse...

O Poema é lindo!!!
Vou visita-lo...
Mas essa sua pintura é de surtar de tão linda e enigmática!
Parabéns aos dois!!
bjs

O Profeta disse...

Nesta terra molhada
Perdeu-se um beijo na tua procura
Os lagos guardam os segredos do tempo
Lavam a inquietação da tua alma pura


Passei para me inebriar com os teus sentires…


Mágico beijo

Luciana Marinho disse...

Isso é que é um canteiro de
vivas-flores e sonhos-pássaros!!

"dei-lhes – entre alguns afagos –
a vigilância do mundo,
a sensação dos dedos finos nos cabelos."

lindo, lindo!!

beijos.

Yuri Assis disse...

há um som: o ressonar dos anjos.
som que brota e que pacifica a alma - eis a dádiva retribuída, eis a conexão entre um coração da terra e tantos outros celestes.

bjos querida!
mergulho nesse azul profundo, mas sinto a realidade me chamar, inexorável. ai, quem dera, Deus, a vida fosse feita de sonhos azuis - e não pisaríamos em chão, mas em nuvens.

Ch disse...

Minha cara Ana Luísa;
.
Agradeço-lhe imensamente a gentileza de postar um poema meu neste maravilhoso recinto que é o Âncoras & Asas. Fico sem palavras.
Considero únicos esses momentos que nos surpreendem, contra os quais não tenho como me insurgir, mesmo porque a estética e o propósito são de uma nobreza digna da sua pessoa.
Feliz estou pela homenagem tão bela, e ainda mais porque simboliza a amizade que temos.
Receba o abraço e a admiração do
Carlos

Fabrício Brandão disse...

Querida,

Fiquei simplesmente encantado com a sua tela, sobretudo pela força sensível que ela sugere. Depois vem esse belo poema do Carlos. Mais uma vez, parabéns pela sua acertada generosidade que, através do seu alado espaço eletrônico, consegue realizar essas belas conjunções entre alma e arte.

Beijos e todo o meu carinho!

Leila Lopes disse...

Muito belo, Analu, conjunto perfeito de sonhos anjelicais e bons pedensamentos.Sempre.
Beijão.

Leila Lopes disse...

'bons pensamentos'
:)

livia soares disse...

Olá, Ana.
Grata pela visita.
É uma honra estar entre os teus favoritos. Não sei se já te disse, mas venho aqui há muito tempo e até já tomei a liberdade de linkar o "Ânkoras & Asas" na minha lista de favoritos. A tua tela combina magnificamente com o poema do querido CH. Linda postagem.
Um abraço.

Luciana Marinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana Marinho disse...

é um aconchego estar aqui,
onde a luz se estende
dimensionando tudo.

mais
beijo-pétala
beijo-asa
para analuz.

Celia disse...

Lindo texto Ana. Daqui sinto o cheiro dos jasmins do poema e do meu próprio jardim, mais uma estação de flores..

beijoss querida.

(Andei sumida porque estava trabalhando num evento)

L. Rafael Nolli disse...

Essa tela é magnífica! A impressão que se tem é de alto-relevo - que a figura está num plano atrás dos arbustos, que se progetam. Uma impressão, Ana, de que há, efetivamente, um vento soprando os ramos, os cabelos. Que isso, muito bonito!

Ch disse...

Amiga Ana;
.
Deixei um presente para você lá no Almofariz [trata-se da indicação de um prêmio aos blogs que considero essenciais].
Daí que não poderia deixar o Âncoras de fora.
Espero que aprecie.
Abraços do amigo.
Carlos

Luz Azul disse...

Luisa !

Como é delicioso saber de você !
Passei aqui para deixar um pouco de mim.

Beijos

* Luz Azul *

Yuri Assis disse...

convido você para um lanchinho breve no meu café com pão.
bjos analuz!

Lunna Montez'zinny disse...

"em lindas pétalas de brancura"
O que mais dizer, a brancura caí sobre a alma a partir de suas cores... Tudo mais é ausência minha e silencio nosso!

Lu Anna disse...

Essa pintura é um ESPETÁCULO (Ninfa Azul), parece ter vida, estar viva entre as cores e os humanos...
beijos, querida
continue cintilando o mundo

Sérgio Inácio disse...

Oi Ana,linda céu azul amplias aqui. Obrigado pela visita e tudo do mais genuíno azul em 2008. Abraço.

Sr do Vale disse...

Ana, uma tela mais linda e significativa que a outra...formas, relevos, luzes, e principalmente a transição de atmosferas.

Abraços.