Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

26 de jan de 2011

Alada...

"... a vida simplesmente é poesia. Inconscientes, nós a vivemos dia-a-dia e fragmento por fragmento, mas, em sua inviolável integridade é ela que nos vive, ela que nos leva...".

(Lou Andreas-Salomé)


A PALAVRA

A palavra é uma estátua submersa, um leopardo
que estremece em escuros bosques, uma anémona
sobre uma cabeleira. Por vezes é uma estrela
que projecta a sua sombra sobre um torso.
Ei-la sem destino no clamor da noite,
cega e nua, mas vibrante de desejo
como uma magnólia molhada. Rápida é a boca
que apenas aflora os raios de uma outra luz.
Toco-lhe os subtis tornozelos, os cabelos ardentes
e vejo uma água límpida numa concha marinha.
É sempre um corpo amante e fugidio
que canta num mar musical o sangue das vogais.


(António Ramos Rosa)





SOB O CÉU

O que nos cerca esconde suas surpresas
além do que se espera
além do que se sabe.
Não conhecemos tudo
nem de todo uns aos outros.
Um teto de silêncio nos limita
da música inaudível das estrelas
e nos contém pelas luzes mais distantes.
Debaixo desse céu
no entanto
as nossas sombras caminham de mãos dadas.


(Dade Amorim)



Gosto de olhar as pedras e os desenhos do vento
na superficie da água, gosto de sentir as modificações
da luz quando o sol está desaparecendo do outro lado
do rio, gosto de sentir o dia se transformando em noite
e em dia outra vez, gosto de olhar as crianças brincando
no corredor de entrada e das palmeiras que existem
no meio da minha rua — gosto de pensar que vou sempre
ter olhos para gostar dessas coisas, e por mais sozinho
ou triste que eu esteja vou ter sempre esse olhar sobre as coisas.

(Caio Fernando Abreu)
........................

IMAGENS: Ana Luisa Kaminski fotografada por Sindri Mendes
........................

Convido-os/as a conhecerem também meu novo blog:
Arte Onírica de Ana Luisa Kaminski
www.arteanaluisakaminski.blogspot.com

24 comentários:

Luciana Marinho disse...

que FABULOSO, analuz!!!
és um daqueles seres mágicos da floresta, lendários, belíssimos!

aff... beijo! beijo!

Mar Arável disse...

Tudo muito belo

Analuka disse...

Grata pela visita, amigos. Lu querida, estou à espera de tuas letras e espero ver em breve tua escrita poética também aqui, dialogando com as imagens capturadas pelo menino do bosque!... Beijos alados.

Carina Felice.Fotografías. disse...

yo dejé un comentario lleno de cariño para ambas, lamento que no esté!
Pura belleza y color para celebrar.
felicitaciones!

Maü Cardoso disse...

Analuka...
Suas cores, seus desenhos e
os raios azuis que saem do
seu olhar, transferem da viva
aquarela e pincéis, a magia e o encantamento de um mundo
de cores e brilhos, para nosso
mundo de sonhos reais.
Parabéns...
Um beijo muito grande,
Maü Cardoso.

Chica disse...

Lindas pinturas e visões da vida em cores por aqui...beijos,chica

Analuka disse...

Pulsações


Sôpros de vida
suavidade, cores, sons
pinceladas e pulsações:

A cada manhã, nova luz:
a vida se recompõe
se reinventa e refaz

Pétala por pétala
sílaba por sílaba
átimo por átimo

de amor e emoções
redesenhadas na palavra
escrita, dita ou sussurrada
que teço e bordo, incansavelmente, para ti...

(Ana Luisa, primavera/2010)

Flores ofertadas para a Amada Staëll Di Lukka...)

Anna Bahena. disse...

Ana, ana de los colores, de las mariposas, cuanto color en las palabras formadas- formuladas poara cualquier amante del corazón y la belleza.

Preciosas imágenes, preciosos poemas.
Un abrazo estrella Azul!

Anna.

Magdalena Boyadjieva disse...

Hola Analuka !
Estas preciosa como una flor,una mariposa, como parte de la naturaleza, como una obra de arte !Muy bellos tus poemas! Te deseo mucho exito !!!

Magi Bo

Analuka disse...

Queridas amigas e amigos, agradeço as visitas carinhosas e comentários gentis! Sejam sempre benvindos para pousar e voejar por aqui. Beijos e abraços alados, em todos os tons de azul.

luadreams disse...

A beleza esta nas pinturas, em suas palavras, em tudo aq...É uim reflexo seu.
Beijos querida!!!

Analuka disse...

Gracias pelo carinho, doce amiga Rita Rosa! Beijinhos floridos para ti.

Ribeiro Halves disse...

Uma ninfa das florestas... das matas, jardins, lagos.
Lindo olhar que nos tece ao sabor azul da tua face. Persona, imago... beijos em tão delicada mãos.

Neila Bianchin disse...

Parabéns a modelo e ao Sindri, menino lindo e amável.

Analuka disse...

Gracias, queridos amigos! Que a mágica da arte e da ternura jamais finde em nossas vidas e caminhos! Beijos pintados e alados.

Madalena Barranco disse...

Queria Luísa,

Sua arte é a realidade da Luz que ainda negamos em ver. Que bom que Você traz a luz de todas essas flores a todos os olhares, que, perplexos, se redescobrem amor...

Beijos, obrigada pelos belos momentos em seu blog.
Madalena
P.S.: tomo a liberdade de linká-lo em meu "recomendo"

dade amorim disse...

Ana querida, seu trabalho cresce em beleza e qualidade dia a dia. É uma honra e uma grande alegria estar aqui, junto a suas cores, entre poemas de autores que admiro tanto.
Só posso agradecer e desejar que seu sucesso venha sempre à altura do que você merece.

Beijo grande.

Zélia Guardiano disse...

Encantador, Analuka!
Tudo aqui é divino...
Virei sempre.
Abraço!

Lilá(s) disse...

Verdadeira artista!
Fabuloso
Bjs

Melissa Gisele Bencz disse...

Lindas palavras e encantadoras cores! Você pinta maravilhosamente! Sucesso e muita energia positiva.

Concha Rousia disse...

...quanta beleza neste vale Azul da tua Arte... beijos alados em tua alma, grata pelo abraço que tuas criações deram a meu espírito... voltarei, não deu tempo de percorrer todo o jardim multicolor... abraço de luz a cores...

Analuka disse...

Agradeço, caríssimas e doces amigas, pela visita e pelas palavras amáveis! Bom partilhar arte, asas e azuis com vocês. Beijinhos pintados e floridos, com votos de bons ventos!

Índigo disse...

Bellísimas fotos. Eres un hada alada y azul. O una libélula con esa azul que a mí me hace vivir y soñar. Seguiré tus revoloteos. Un abrazo en Índigo.

Arquimimo Novaes disse...

Poxa, que maravilha o resultado! A vida imitando a Arte. Aplauso e admiração.