Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

14 de set de 2013

Celebrar...

“Quando reconhecemos a fonte comum da nossa humanidade, as origens comuns dos nossos sonhos e anseios, das nossas esperanças e dos nossos medos, tornamo-nos capazes de perceber que estamos todos juntos no grande milagre da existência. Quando conseguimos somar nossa enorme riqueza interior para criar um tesouro de amor e sabedoria que esteja ao alcance de todos, ficamos todos interligados no mecanismo único da criação eterna.

A vida lhe foi dada para que você crie, seja feliz e celebre. Quando você chora, quando está infeliz, fica sozinho. Quando está celebrando, a existência participa com você.

Somente na celebração encontramos o que é fundamental, o que é eterno. Somente na celebração ultrapassamos o círculo do nascimento e da morte”. (Osho)




*Fotografia: Ana Luisa Kaminski fotografada por Lara Lunna, em Sarlat-la-Canéda, França/Edição artística de Alberto Newton Delacoste Fernandez

Um comentário:

Mônica - Sacerdotisa da Deusa disse...

Lindos dizeres do Osho, sempre pertinente lê-lo.
Beijinhos flor.

Flores e Luz.