Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

1 de mar de 2008

enigmas...



Tantos mergulhos
e inúmeros vôos
para o centro de si ou
pelos limites do mundo
para inventar limiares
e enfim, descobrir
que somos sempre enigmas
que existem poucas certezas
e infinitos desejos
nos sonhos e olhares
travestidos de asas
que nos levam além...

Imagem: "Olhar Alado". Pintura de Ana Luisa Kaminski

30 comentários:

srvarte disse...

olá,
impressionadissímo com sua arte,
parabéns, tens a alma veloz.
Aos poucos virei beber em sua fonte.
beijos

Luciana Marinho disse...

passo por aqui e sinto como nosso céu íntimo é abrigo de pássaros.

beijos.

[que lindo pólen deixaste
no Máquina Lírica!]

Tinta Azul disse...

Imagem e palavras. Lindas umas e outras.:)

Otra vez a viajar al olvido... disse...

me gustan los enigmas...

célia musilli disse...

O importante Ana é que vc viaha sempre além...um grande beijo.

Lady Crisálida disse...

Dos enigmas registrados, apenas a luz do sol, sobrepõe de facto e verdadeiramente como uma papoula delicada e fina na fonte de tuas cores e palavras...

Celebro-te!!!

Jacinta disse...

Ei Ana,
esse seu olhar me fascina, nem é preciso dizer do meu encantamento com o seu talento com pintura.
Acho que já falei isso num outro comentário, mas...
E o poema! soa bonito como uma bela canção.
"...sonhos e olhares travestidos de asas..."- no sonho, o desejo - no olhar a palavra, mesmo porque, pelo olhar se diz as mais belas palavras.
Um beijo
Jacinta

Mónica...Cine Cuentos. disse...

olá... espectacular sua arte!!!!

Maravillosa!!! Me gustó conocer tu blog.

Beijos.

Leila Lopes disse...

quando olhamos para dentro somos mesmo infinitude...
em passos lentos, mas fortes como sempre (aqui e aí)
bjos, querida.

Tiago Moreira disse...

Não basta só ter asas, mas vontade e coragem de voar, e tu teces lindos vôos com as palavras por aqui.

Primeira vez nessa tua casa, gostei muito dos escritos, intensos, belas imagens também.

Beijos.

Fabrício Brandão disse...

Testamos muita coisa, experimentamos de um tudo, mas nem a certeza de nossa finitude física é capaz de nos roubar o sonho.

Beijos, querida!

Lunna Montez'zinny disse...

E no fim do dia, quando a escuridão chega, venho até aqui e me dispo das contradições do dia. Fico espiando sua arte e as vezes parece que eu espio a mim mesma e depois sigo e sei que volto mais tarde. Beijos

Maria disse...

já te perguntei antes se vc já leu Mulheres que corem com os lobos ? me veio agora uma das estórias contadas pela autora...mas enfim...é sempre um mergulho te visitar !!!! beijos,beijos,beijos

adelaide amorim disse...

Ana querida, vim te desejar um maravilhoso Dia da Mulher. Saudade de você!
Beijo.

Mariane Monteiro disse...

Ahh é a dinâmica dessa vida!!!! abraço.

Naomi Conte disse...

viajar para dentro de si é sempre uma boa viagem :-)

Joan Pinardell disse...

Bellisimo... como todo lo tuyo amiga... un abrazo...
joan

Tania disse...

Poucas certezas e infinitos desejos... sonhos e olhares!

Como gosto mergulhar nestas suas paisagens!

Um abraço

celia musilli disse...

Verdade Ana, somos sempre enigmas...um beijo azul

Carol Barcellos disse...

"somos sempre enigmas
que existem poucas certezas
e infinitos desejos
nos sonhos e olhares
travestidos de asas
que nos levam além..."

Gosto de pensar que, mesmo sendo tão transparente, ainda sou um enigma. Talves isto seja um enigma para outros...

Belíssimas palavras!!! Teu blog é um lugar de deleite contínuo!!!

Beijos doces cristalizados!!! :o)

lapa disse...

http://palcopiniao.blogspot.com/search/label/C%C3%82MARA%20MUNICIPAL%20DE%20COIMBRA%20URBANISMO

DIVULGUE-SE ILEGALIDADES... OBRIGADO!

Eliana f.v. - Li Andorinha - disse...

Ana minha querida Poeta das cores mágicas...
teu quadro e teus versos formam uma bela sinfonia...
Parabéns por tão bela inspiração
é sempre muito gostoso passear por
aqui...Obrigada...
beijinhos estrelinhas coloridas
da amiga Eliana que te admira muito

Jacinto dos Santos disse...

Se me oferecessem um dom, eu pediria o de acender a lamparina, mas sem deixar o olho quente cair para não ver Eros partir para longe de meus olhos. Psique decifrou um enigma, pagou caro, mas finalmente ficou feliz.

Beijão.

Luciana Marinho disse...

Linda é ana.
Que faz de suas palavras
ninho para acolher nossas
asas.

beijos
e feliz páscoa!

Elson Teixeira Cardoso disse...

Olá! Versos e pinturas cada vez mais belos, tocantes, verdadeiros.
Deixo um poema pra vc:

Das nuvens grávidas de fantasia,
suspensas sobre os jardins dos oceanos,
nasceram cores psicodélicas,
matizes variados,
chuvas de sonhos,
imressões surreais.
Nasceram figuras transparentes,
faces brilhantes, surpreendentes.
Nasceram flores coloridas,
orquídeas azuis,
pétalas de céu,
gotas de amor.

Abraço!

FINA FLOR disse...

é verdade, querida, são tão poucas as certezas.........

beijos e boa semana,

MM.

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Cadavez que aporto por aqui...
Viajo... Poemas e pinturas belas...
O que dizer se não o silêncio em apreciar essa arte...
Abraços
Everaldo Ygor
Visite
Sonhos
http://outrasandancas.blogspot.com/

Gato Vadio disse...

Cá estou, de volta, para deixar meu pólen e fertilizar-me com tua magia, seja poética, seja visual. Sempre seu, Analuka querida - Jorge Luiz. Saudades!

Jacinta disse...

E passamos muito tempo querendo entender o mistério de sermos quem somos.
Mas,Que bom! os sonhos existem, os vôos também.
Beijos Ana

Liah in Casulo disse...

Minha Fada Azul,

tão bom quando do sangue comum nos nasce a amizade.

beijos azuis e alados, querida.