Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

13 de jan de 2007

balanço

Entre ânkoras e asas
transitamos
neste balanço efêmero-eterno
navegamos
entre abismos e céus anis
balançamos
entre estrelas azuis e alizarins
flutuamos
e nos lylazes jardins de luz
inventamos
caminhos de não e de sim
afinamos
em manhãs amarelas ou gris
entoamos
e nas tardes ventosas-violetas
bailamos...

2 comentários:

yj855458 disse...

I have seen your blog and I found a lot of interesting Content... So good image and some good art... I invite you to see mine at here

Leila Lopes disse...

danço na tarde para a noite me receber mais justa e infinita...
beijo