Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

7 de set de 2007

sol de setembro


Nas horas claras
calmas e cálidas
no sol e no vento
nas flores, na lua
vejo a energia divina
atravessando janelas
na alma feminina
o mundo vira música
doçura em aquarelas
suavidade e cor...

Imagem: detalhe de "Azul Musical I".
Pintura de Ana Luisa Kaminski

7 comentários:

bossa_velha disse...

Intenso!

glóriazevedo disse...

Coração, meu tambor no peito/meu amigo cordial...( Milton Nascimento)
Acho que esse seu poema se casa com essa música...

Vieira Calado disse...

A suavidade daquilo que deve ser a mulher, vai muito bem com a ilustação. Beijinhos.

Neuzamaria Kerner disse...

Como sempre, belo, intenso, amoroso, sedutor...
Por isso e muito mais é que tenho este site nos meus favoritos.
Meus abraços!
Shalom!!!

Concha Rousia disse...

Linda amiga...
tuas cores me dam paz
e tuas palavras me
dam harmonia
adoro te visitar...
Parabéns querida
por essa capacidade
de trabalho que tens
para criar com teus
fantásticos talentos

Adoro tua arte!!
Beijinho Azul

concha Rousia

Assis de Mello disse...

Delicado, intenso
Luz de flor refletida
nas plumas de um beija-flor
*
Será que fiz um hai-kai ?
Um beijo, AnaLuka, Dama do Sótão Azul
*
P.S.- Descobri: meu firewall andou impedindo-me de abrir suas páginas de recado.

pbsweeney disse...

Oh, I do love your paintings. I hope I can find your poetry in English somewhere.

Peace,
Patricia