Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

7 de jun de 2007

Ventos Azuis


Lembranças azuladas
balançam ao vento
nos varais da memória
escorrendo cerúleo
na manhã turquesa...

* * *

Divagações violetanis
feito finas seivas de uva
navegam no azul-cobalto
deslizam nos lilases leves
dos fluidos rios da alma...

* * *

Perdura enfim o prazer róseo
de flutuar entre as estrelas
na doce nau do teu abraço
quando na aurora enluarada
fui tua "flor da madrugada"...

* * *


Cristais e cores renascem
todos os dias nos sonhos
e beijos-pássaros pousam
nas claras horas translúcidas
do jardim invernal ultramar...

* * *

Vozes veludosas velozes
de violinos violeta-alados
viajam nas asas dos ventos
afinam-se ao poeta inventor
de azuis-celeste-encantados...

*(Imagens: detalhes de "Mulheres Musicais".
Pintura de Ana Luisa Kaminski)

11 comentários:

Maria disse...

Do azul ao violeta, tudo é muito prazeroso por aqui !!! Beijos

cássio amaral disse...

Kaminski,

tudo luz aqui amiga.

Muito legal.

Beijabraço e ótimo feriado.

Yuri Assis disse...

ana-deliqüescente. e toda-azul.
ai, que amor cerúleo, a vida é o céu.
prazeres são matizes novas. mas ainda delicadas, sequiosas de água.

convido você a conferir meu blog, postei nova poesia.
vem fluir esta água em meus rios, navios navegam, vão looonge. pra nunca mais.

bjos, que ruflam as asas.

maat disse...

lindíssima sua pintura.


parabéns.


***maat

allan santos disse...

"Vozes veludosas velozes
de violinos violeta-alados
viajam nas asas dos ventos
afinam-se ao poeta inventor
de azuis-celeste-encantados..."

mais que chuva de letras!

você tá de parabéns! beijos!

Fabrício Brandão disse...

E os azuis prolongam seus percursos. Ora atravessam o espaço étereo, ora fazem ziguezagues na alma.

Beijos, querida!

Tudinha disse...

Tudo muito lindo como sempre!
Boa noite, amiga!
Que imenso prazer é visitar o seu cantinho.
Ventos azuis lembrou Últimos Sonetos de Cruz e Sousa, que eu amo. Simplesmente maravilhoso.
Beijinhos azuis cheinhos de simbolismos.
Gosto muito de você.

Leila Lopes disse...

uma música azul embala o dia que nasce róseo. a luz acompanha o azul e traz novas cores ao dia. que assim seja o nosso de hj.
beijos, querida.
ps. amanheci e tuas novas palavras singelas por lá :).

ELSON TEIXEIRA CARDOSO disse...

nua enluarada,
beleza encantada.
lua enamorada,
singeleza procurada.

e na dimensão da arte,
no horizonte terno
do amanhecer repentino,

conheceram-se, já se conhecendo,
apesar de nunca terem conversado,
nem mesmo trocado olhares.

palavras lambuzadas de tinta,
pincéis cravejados de versos,
amor derretido em imagens.

os corpos estremecidos
no entorpecimento
à procura do momento único.

juntos, transfigurados,
verbo-imagem, imagem-verbo,
eram um vulcão vivo, permanente.


Beijo,

Elson

nana disse...

Poeta Azul,

Que vemos senão estradas permeadas de violetas em tons de lilás e azuis???

beijos Anazulvioleta.

lady Vania.

Ilda Oliveira disse...

entrei em teu blog Cara Irmã da Beleza do Ser...
Através do Rufo. Que Bom entrar nesta casa de imagem Sentida ...Como agradecimento deixo-te algo...Espero que goste e faça Sentido ao seu Interior...
Beijo em seu coração


“ Renascidos “


Sois barro, fruto da Vida
Sois Luz, fruto de Amor
Duma Criação de propósitos
Envoltos de compaixão.
No Todo, sois filhos
De Criação Suprema
Tanto em nascimento natural
como organizado.
Lembrai que em vosso Renascer constante, sois e sereis sempre Vida...
E nesse renascer contínuo
Sois necessária para o terminar de uma composição Musical...
E nesse contínuo Ser acabarás por conseguir acertar teu passo. Onde à Fonte de Criação chegareis...
Para o compreender final.