Exercícios poéticos, apaixonados e patéticos: pequenos mergulhos e vôos, para compartilhar...

14 de fev de 2007

pulsação...

A pele pulsa
o pergaminho
procura luas
pelo caminho
iluminado
chovem estrelas
o tempo arde
a vida escorre
na contramão
curva dos olhos
ensimesmados
enquanto escavam
ritmos da alma
e a pena risca
uma espiral...

Um comentário:

Mimi disse...

pulse a vida
a beleza e a
estética

ventos
brisas
tufões

Ana Luisa
Analu
Ana-poeta!

PARABÉNS
.